A Voz do Deserto

A Voz do Deserto

Num tempo antes da história, a tribo Oumaji vivia no deserto. Se para muitos pode parecer difícil, para eles sua terra era abençoada pelo sol. A imensidão habitada pelos Oumaji também era habitada por outra espécie de criaturas: os cavalos do deserto. Em tempos imemoriais, os Oumaji fizeram amizade com esses animais e, juntos, homem e cavalo dominaram extensões de território impensáveis para aqueles limitados ao comprimento das próprias pernas. No coração daquelas terras surgiu um líder, chamado Jiam, cuja dinastia entraria para a história, primeiro, pelas palavras ditas, ouvidas e então ditas de novo mas, muito depois, também pela palavra escrita. Jiam, que nasceu na aldeia de Lim, numa noite sem lua e muitas estrelas, teve uma revelação: a voz do vento no deserto lhe disse que explorasse o mundo e tornasse sua família numerosa como os grãos de areia no chão. A voz também lhe fez uma advertência: só pode haver um povo no mundo e esse povo é Oumaji.

0.

A aldeia de Lim situava-se numa pequena planície entre cinco montanhas, conhecidas em Lim como “as cinco irmãs”. Ao norte, no seio da terra, entre duas delas estava o oásis de Lim, fonte de água e madeira para a vila. Além das montanhas havia uma pequena baía, mas nesse tempo os Oumaji não se interessavam pelo mar, pois naquela baía não havia peixes e a tribo não se aventurava muito longe. A leste, estavam mais duas irmãs, que formam uma barreira. Para os Oumaji era como se o mundo acabasse ali, naquela muralha de pedra amarela, que brilhava num dourado intenso sob o sol poente. Mas haviam dois largos vales a sul e a oeste, divididos pela quinta irmã. A oeste estava ainda um segundo oásis parte do mesmo aquífero do primeiro. Foi olhando para o vale sul que Jiam sentiu o chamado do destino e, numa bela manhã, montou seu cavalo partindo em viagem.

Lim entre as cinco Irmãs

Logo que passou pelo vale sul e entrou em terras que nunca viu, Jiam avistou uma outra aldeia, menor e mais pobre que a sua. Acampando junto a uma mata de cactus ele decidiu que o povo daquela aldeia agora deveria ser parte de sua família.

A aldeia no vale do sul

Enquanto o líder Jiam viajava, seu filho mais novo, Bahu, discutia com a mãe e os anciãos pois gostaria de ter acompanhado o pai. Mas Jiam havia instruído especificamente que ninguém o seguisse. O filho mais velho obedeceu, mas o caçula não se conformava. Naquela mesma noite Bahu tomou uma decisão que mudaria seu destino.

Cavalos selvagens do vale de Lim.

Continua…

Daniel Mattos

Daniel Mattos

Nasceu em Petrópolis, em julho de 1975 e recebeu o nome de Daniel Vidal Mattos. Desde então está em busca de respostas sobre o que é ser Daniel Vidal Mattos, nascido em Petrópolis em julho de 1975. Não se parece com a foto aqui publicada.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: